Sobre mim

Me chamo Mônica Medeiros, sou mãe do Carlos de 5 anos e da Carolina de 8 meses. Sou formada em Comunicação Social, área em que atuo desde 2010. Em 2015, quando apresentava um programa de TV da minha cidade, eu engravidei do Carlos meu primeiro filho e durante a gravidez eu iniciei uma transição de carreira da TV para o YouTube, criando um canal onde relatava minha gravidez em formato de diário e com o passar do tempo com a minha trajetória no canal, eu comecei a estudar desenvolvimento infantil, estudando Pedagogia e me especializando em Neuropsicopedagogia e me formando também em Psicanálise Clínica. Me formei também em Disciplina Positiva para pais e professores e consultora em Encorajamento pela Positive Discipline Association e hoje atendo como comunicóloga na Blua pediatria, passando ferramentas de comunicação para uma educação mais positiva. Sou co-autora de um livro sobre educação parental chamado: Entre Nós – Desafios da Parentalidade na Primeira Infância. E ajudo muitos pais a educarem sem punição nem recompensas.

Em 2020, o ano em que nasceu minha segunda filha, eu já estava com planos de ter um parto da maneira mais natural possível no hospital da minha cidade. E quando completei 33 semanas a pandemia da COVID-19 chegou aqui em Foz do Iguaçu e eu precisei planejar um parto em casa para não me contaminar com o vírus. Planejei com muita dificuldade de acesso à informações sobre parto em casa, tive que descobrir sozinha o caminho das pedras e consegui parir em casa sem nenhuma intervenção. O vídeo do meu parto em casa está no meu canal, onde criei uma playlist com conteúdos que ajudam outras mulheres a planejarem seu parto em casa com segurança. Me formei como doula e acompanho mulheres desde a gestação até o pós-parto e dedico boa parte do meu tempo contribuindo para uma educação perinatal, com o intuito de diminuir o índice de partos hospitalares sem necessidade, cesáreas sem indicação e violência obstétrica.

Acredito em educar para libertar e que, precisamos nos munir de informação para que tenhamos mais autonomia sobre nossos corpos e tomadas de decisão. Vou compartilhar meu currículo abaixo: